Lançamento de edição especial organizada pela Prof.ª Doutora Maria do Céu Patrão Neves, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz, no Brasil

85

A Prof.ª Doutora Maria do Céu Patrão Neves, Professora Catedrática de Ética, da Faculdade de Ciências Socias e Humanas da Universidade dos Açores – em conjunto com o Prof. Doutor André Dias Pereira, da Universidade de Coimbra – organizou o volume 10, número 2, para os Cadernos Ibero-Americanos de Direito Sanitário (CIADS), periódico editado pela Fundação Oswaldo Cruz, no Brasil. O lançamento da edição especial foi em 24/06/2021.

Com o objetivo de discutir as questões éticas e jurídicas da pandemia, os artigos inéditos, de autores de Portugal, Espanha, Estados Unidos e Brasil, apresentam não apenas a perspetiva atual da crise pandêmica, mas também suas metamorfoses. 

Além de ter atuado como Editora Convidada, a Prof.ª Doutora Maria do Céu Patrão Neves escreveu um artigo para edição especial:  Critérios de triagem em pandemia: o fator idade. No artigo, a autora  observa que a pandemia de SARS-CoV-2 desencadeou uma pressão ímpar nos recursos humanos e técnicos de saúde, o que conduziu a uma triagem de racionamento, baseada na idade cronológica como fator de exclusão, o que viola a dignidade humana e a justiça social. Simultaneamente apresenta-se como uma realidade equívoca, com uma argumentação débil, moldada por uma política de linguagem, e revelando uma lógica da ação abusiva dos direitos humanos, sendo, pois, eticamente inaceitável.

Cadernos Ibero-Americanos de Direito Sanitário (CIADS) é um periódico trimestral, de acesso livre, destinado a difundir a produção acadêmica no campo do Direito Sanitário. É publicado desde 2012 pelo Programa de Direito Sanitário, da Fundação Oswaldo Cruz de Brasília. 

Artigo anteriorAbertas candidaturas a bolsas de estudo da DGES
Próximo artigoElias Pereira eleito presidente do Conselho Geral da Universidade dos Açores