A Tuna Académica da Universidade dos Açores (TAUA) participou nos dias 13 e 14 de maio no X Lisboa Eterna – Festival de Tunas Mistas – organizado pela TAISCTE (Tuna Académica do ISCTE-IUL), tendo vencido três prémios: Melhor Serenata, Melhor Porta-Estandarte e Tuna Mais Tuna.

No dia 13 de maio, a noite de serenatas aconteceu no pátio 1 do ISCTE e a noite do espetáculo, no dia 14 de maio, no Grande Auditório do Instituto.

Depois de dois anos de interregno, a TAUA participa de novo a concurso num festival de tunas. Durante estes dois dias, os 34 elementos que constituem a tuna mais antiga do polo de Ponta Delgada tiveram a oportunidade de conhecer não só a cidade, mas também de criar laços de amizade – tendo por base a música – com as restantes tunas participantes.

Do cartaz faziam também parte a ForTuna (Tuna Académica da Nova School of Business and Economics), a Real Tuna Infantina (Tuna Académica Mista da Universidade do Algarve) e a VicenTuna (Tuna da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa).

A TAUA foi fundada a 6 de dezembro de 1993 e conta com diversas atuações e digressões em festivais nacionais e internacionais pelas ilhas dos Açores, continente Português, Espanha, França, Bélgica, Holanda e Canadá. Possui dois registos discográficos, editados em 1996 e em 2017, e organiza o festival de tunas mistas “Inventio – Festival Internacional de Tunas”.

Felicitações a todos os membros da TAUA!