A Universidade dos Açores procedeu à atualização do seu Plano de Contingência para o Coronavírus/COVID-19, que se aplica a toda a comunidade académica, assim como a convidados e visitantes da instituição.

Mantendo o teletrabalho como regime laboral preferencial ao nível de todas as atividades de ensino, investigação, extensão cultural e gestão académica, o plano estabelece um conjunto de serviços mínimos presenciais, a proteção especial de todos os membros da comunidade académica que frequentem as instalações da instituição, a separação física de estruturas universitárias para restringir a circulação de pessoas, o estabelecimento de horários e períodos de trabalho desencontrados entre grupos de pessoas num mesmo serviço e a limitação do número de pessoas por espaço.

Até ao final do presente ano letivo, a UAc não prevê a retoma de atividades letivas presenciais, salvo situações excecionais, como a realização de ensinos clínicos e estágios, mas considera a retoma gradual de algumas atividades de investigação, com prioridade para o desenvolvimento de teses de doutoramento, dissertações de mestrado, prestações de serviços de I&D e projetos de I&D.

Plano de contingência