UAc e cE3c realizam estudo publicado em revista

50

O Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais – cE3c e a Universidade dos Açores, mais propriamente a Faculdade de Ciências e Tecnologia, realizaram um estudo que permitiu avaliar a precisão  de diferentes modelos de distribuição geográfica de golfinhos, baleias e outros cetáceos dos Açores, publicado na revista Marine Ecology Progress Series.

Os cetáceos têm um papel fundamental nos ecossistemas marinhos, assim, conhecer a sua distribuição geográfica e como esta varia com o tempo é fundamental para identificar áreas de preocupação para populações vulneráveis e desenvolver planos de conservação mais eficazes, “(…) a questão em si depende muito da espécie a estudar. Por exemplo: para espécies altamente dinâmicas como a baleia de barbas é muito melhor usar dados semanais. Mas para isso precisamos de uma recolha de dados constante, um grande esforço de amostragem, que neste caso foi obtido graças à colaboração das empresas turísticas de observação de cetáceos”, explica Marc Fernandez Morron, primeiro autor do artigo e investigador do cE3c e da Universidade dos Açores.

O estudo pode ser consultado aqui.